.mais sobre mim

Envia-me um e-mail

.pesquisar

 

.posts recentes

. Garrano

. Urso pardo

. Hamster

. O coelho

. Os Golfinhos

. Carta ao Verdinho - Escol...

. PATO-REAL

. A LONTRA

. O GANSO

. Melro-metálico

.arquivos

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

|ESPAÇO CRIANÇA| |DICAS VERDES| |DIAS AMBIENTAIS| |ANIMAIS|

|PLANTAS| |AMBIENTE| |HISTÓRIAS E JOGOS| |SONDAGENS|
Quinta-feira, 7 de Julho de 2011

O GANSO

 

O ganso é uma ave que apresenta penas de cor branca ou cinzenta e patas e bico de cor laranja. Esta ave alimenta-se principalmente de plantas, incluindo raízes, tubérculos, folhas, talos, flores e frutos.

 

As fêmeas constroem os ninhos com paus e folhas e, na Primavera, põem ovos que chocam durante 30 dias, enquanto os seus parceiros guardam os ninhos.

 

Na altura da migração, múltiplas famílias de gansos juntam-se, formando um bando que proporciona espectáculos inesquecíveis, especialmente quando se observam as formações em voo e a sua aterragem nos campos para alimentação.

 

Estes animais são voadores “profissionais” e chegam a voar milhares de quilómetros durante as suas migrações anuais. Eles voam em forma de “V” para que o ganso da frente reduza a resistência do ar para os que vêm atrás, o que lhes permite voar cerca de 70% mais longe do que se estivessem a voar sozinhos. Os gansos têm também boa memória e usam as estrelas e marcas na terra que lhes são familiares para se orientarem.

 

Os gansos podem também ser encontrados em quintas, como domésticos, onde são excelentes guardas porque, para além de darem sinal na aproximação de intrusos, por vezes atacam, defendendo assim o seu território.

 

Uma vez que estes animais apresentam as duas vertentes – selvagem e doméstica – no Parque Biológico da Serra da Lousã, o lago dos gansos surge como a transição entre a Quinta Pedagógica e o Parque de Vida Selvagem.

 

Durante o mês de Julho vai decorrer uma breve apresentação da espécie e sessão de alimentação e vai estar, no Centro de Informação, uma exposição fotográfica sobre a espécie. Para visitas de grupo, até um máximo de 15 elementos, os interessados devem fazer uma inscrição prévia, sem quaisquer custos adicionais, entrando em contacto com o parque.

 

O Parque Biológico da Serra da Lousã constitui um espaço verde pertencente à Fundação ADFP, uma instituição privada de solidariedade social direccionada para a integração e desenvolvimento da pessoa com deficiência física, motora e/ou mental e que vê no ambiente e na ecologia temas capazes de conquistar resultados terapêuticos.

 

Visite o Parque Biológico da Serra da Lousã e apoie esta causa!

 

 

Conteúdo desenvolvido por:

QUINTA DA PAIVA
Parque Biológico da Serra da Lousã

3220-154 Miranda do Corvo
Telef. 239 538 444
Tlm. 915 361 527

 

www.parquebiologicodaserradalousa.net / www.adfp.pt

Espaços visitáveis do parque: Centro Hípico, Quinta Pedagógica, Labirinto de Árvores de Fruto, Parque Selvagem, Museu da Tanoaria e Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais.

 

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 10:40
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres